Enter your keyword

Tudo o que você precisa saber sobre dietas!

Tudo o que você precisa saber sobre dietas!

Muitas pessoas buscam emagrecer e, com a correria do dia a dia, optam por dietas mirabolantes. Acontece que essas dietas não irão te ajudar a emagrecer, sendo ainda piores por não cuidarem da saúde! Um dos mais conhecidos e temidos resultados é o efeito sanfona, muito provável de acontecer a quem se utiliza desse mecanismo para emagrecer.

Quer tirar suas dúvidas sobre dietas? Então continue lendo o artigo!

Por que dietas não funcionam?

Primeiramente, precisamos definir o conceito de dieta. Aqui, a palavra é utilizada para designar cardápios que buscam o emagrecimento rápido, prometendo resultados milagrosos. Não tem nada a ver com o sentido de “dieta vegetariana”, por exemplo. Além disso, temos que levar em conta que perder peso não significa emagrecer.

Vamos iniciar a explicação fazendo uma analogia! Você já viu uma parede mofada por causa de infiltração? Fazer dieta é como pintar a parede danificada, mas sem solucionar o problema central: a infiltração. É basicamente tapar o sol com a peneira e esperar que os resultados sejam satisfatórios. Um dos principais motivos de não funcionar é o que as pessoas normalmente pensam ser a melhor opção para emagrecer, a privação.

“Se eu comer menos, terei menos gordura”, é o que se ouve por aí. Acontece que isso não é verdade! Nosso corpo necessita de alimentos para transformar em energia e continuar funcionando em ordem. Quando você simplesmente corta sua fonte de energia, ele entra em alerta, acumulando gordura. Isso se deve ao nosso código genético, que não sofreu grandes mutações no que tange ao metabolismo. Na pré-história, quando éramos nômades, a comida acabava e se tornava necessária a migração para um novo local. Ou seja, só sobrevivia quem conseguia armazenar gordura durante grandes períodos de inanição, para não ficar sem energia. Isso ocorre ainda hoje: ficando muito tempo sem se alimentar, o corpo acha que não há alimento disponível. Resultado? Você perde água e músculo, não gordura. Inclusive, isso se refletirá no efeito sanfona – que vamos falar mais à frente.

Então lembre-se:

  • Quanto mais massa muscular, maior será a quantidade de energia gasta para manter seu corpo funcionando;
  • Quando você engorda aquilo que perdeu durante a dieta, não são os músculos sendo recuperados: o peso voltará em forma de gordura.

O que é esse tão falado efeito sanfona?

Também conhecido como efeito ioiô, na medicina é chamado de “ciclismo de peso”. Se você chegou até aqui, já percebeu que, ao fazer dietas mirabolantes, quando você recupera o peso, é em gordura. Isso é o efeito sanfona. A realização de diversas dietas, sempre recuperando o peso depois do término. Acontece que, quando reduzimos drasticamente a ingestão de alimentos, a quantidade de leptina – “hormônio da saciedade” – é reduzida. Já a concentração de grelina – “hormônio da fome” – aumenta. Esses dois fatores fazem com que o cérebro queira ganhar o peso de volta e acumular gordura.

Com a perda rápida de peso, o metabolismo do corpo é reduzido, reservando energia. Quando você encerra a dieta, seu corpo continua em estado de alerta à possibilidade de escassez, então ele continua armazenando gordura. É por isso que ocorre o efeito sanfona, ele se torna um círculo vicioso entre sua vontade consciente de perder peso e a vontade do seu corpo de armazenar energia.

Existem outros malefícios causados por dietas?

A resposta é simples: sim, existem. Quando você reduz drasticamente a ingestão de alimentos, além dos efeitos já citados, seu corpo sente falta dos nutrientes. Isso afeta tanto sua saúde física quanto a mental! Pessoas que não têm uma boa alimentação, balanceada e saudável, tendem a desenvolver diversas complicações. Algumas delas são:

  • Pele ressecada;
  • Queda de cabelo;
  • Unhas frágeis;
  • Mau hálito;
  • Insônia, ansiedade, estresse e mau humor;
  • Dores de cabeça;
  • Cansaço excessivo.

Essa é uma lista pequena, com os sintomas mais comuns. Existem outras complicações, como problemas de pressão, visão, digestão, ciclos de compulsão alimentar e várias outras. Além disso, quando unimos a dieta ao uso frequente de pesagem, podemos desenvolver um distúrbio alimentar. Essas coisas só provam que dietas restritivas não são o caminho para o emagrecimento saudável.

E aí chegamos a um ponto crucial: o que fazer? E a resposta é simples… A boa e velha reeducação alimentar. Aqui temos um artigo que fala sobre seus benefícios!

Além disso, o SPA Jardim da Serra criou um Plano de Emagrecimento Saudável, feito especialmente para quem quer cuidar da autoestima se aliando à saúde. Não esqueça de conferir!

Comentários

comentários